Rio Torto

brasão_rio_tortoRio Torto situa-se na margem direita do rio Torto, afluente do Rio Rabaçal, num dos pontos de mais baixa altitude do concelho e estabelece a transição para a chamada “Terra Quente”, o que traduz inúmeras vantagens principalmente ao nível da fertilidade do seu solo e da diversidade das suas culturas.

É uma freguesia de instituição remota, pois já existia com funções paroquiais desde o séc. XIII, devendo mesmo ser anterior.

Na altura em que os primeiros documentos escritos a referem, Rio Torto era uma das paróquias iniciais da terra medieval de Montenegro. Aliás, iria pertencer a esse concelho até 1853, só então passando para o de Valpaços.

Esta antiga freguesia era reitoria e comenda da Ordem de Cristo de que era Comendador o Conde de S. Lourenço. Em 1839 aparece na comarca de Chaves e, em 1874, na de Valpaços.

No séc. XIII, a paróquia, bem como a aldeia de Rio Torto, pertencia a fidalgos e, no reinado de D. Dinis, era pertença além da Ordem do Hospital, de nobres. Pelas Inquirições de 1290 verifica-se que a honra pertencia a Lourenço Soares, bem como a um tal “D. Nuno, descendente dos Sousãos”. Também os “Braganças” tiveram nesta freguesia vastas propriedades.

As casas dos Pimenteis e dos Lages representavam as mais lídimas tradições nobiliárquicas da freguesia. A quinta de Leirós, outrora muito importante, destaca-se pela instalação na sua área de uma fábrica de destilação e aproveitamento de bagaços de azeitona.

Fonte:

“Monografia de Valpaços”, A. Veloso Martins, 2ª edição, Dez. 1990, edição da Câmara Municipal de Valpaços

Saiba mais em obras disponíveis na Biblioteca Municipal de Valpaços, nomeadamente:

“Moinhos”, Vol. 1 e 2, “Fontes de Abastecimento de Água”, Vol. 2, “Chaminés”, “Corpus dos Petróglifos do Concelho de Valpaços”, “Carta Arqueológica”, todos de Adérito Medeiros Freitas;

“Valpaços Património Artístico”, de Roger Teixeira Lopes;

“Valpaços-Lo-Velho”, de José Lourenço Montanha de Andrade;

“Monografia de Valpaços”, de A. Veloso Martins;

“As Freguesias do Distrito de Vila Real Nas Memórias Paroquiais de 1758”, de José Viriato Capela, Rogério Borralheiro e Henrique Matos;

Informações úteis

Área da freguesia – 31,19 Km2
Número de habitantes – 362
Aldeias anexas:
Lilela
Póvoa de Lila
Leirós
Distância a Valpaços – 8 Km
Orago – S. Pedro
Festas e Romarias:
N.ª Senhora da Saúde (Agosto)
S. Lourenço (10 de Agosto)
S. Sebastião (20 de Janeiro)
N.ª Senhora de Fátima (Agosto)

Património cultural e edificado

Igreja Matriz
Cruzeiros
Capela de N.ª Senhora da Saúde
Capela de S. Sebastião
Capela de N.ª Senhora de Fátima
Igreja de S. Lourenço
Monumento ao Imaculado Conceição de Maria
Solar do Morgados
Fornos comunitários
Lagar de azeite
Moinho de água
Ponte romana
Fonte dos Namorados

Outros locais de interesse turístico

Margem da ribeira de Lila
Margem direita do rio Rabaçal
Ribeira de Rio Torto
Morro de S. Pedrinho

Constituição e dados da Junta de Freguesia

Partido – PPD / PSD
Presidente – Luís António Freitas Moutinho (PSD)
Morada – Rio Torto, 5430-201 Rio Torto
Telefone – 278 729 789
E-mail – juntariotorto@hotmail.com

Secretaria da Junta de Freguesia aberta todos os dias das 9h00 às 13h00

©Todos os direitos reservados | Câmara Municipal de Valpaços, Praça do Município, 5430-482 Valpaços | 278 710 130 | municipio@valpacos.pt