Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Cerca de 500 pessoas elucidadas sobre a praga da vespa das galhas do castanheiro

Cerca de 500 pessoas elucidadas sobre a praga da vespa das galhas do castanheiro
Cerca de 500 pessoas elucidadas sobre a praga da vespa das galhas do castanheiro
Cerca de 500 pessoas elucidadas sobre a praga da vespa das galhas do castanheiro
07 Maio 2015
O Auditório do Pavilhão Multiusos de Valpaços encheu-se, na passada segunda-feira, 4 de Maio, de mais de 500 pessoas que responderam ao convite do autarca valpacense para esclarecimentos sobre a praga da vespa das galhas do castanheiro. Autarcas, agricultores e comunidade em geral de todo o concelho participaram na acção de sensibilização destinada a alertar sobre a praga da vespa do castanheiro que só em Itália já provocou uma redução de 80% na produção de castanha. Durante a sessão foi referido que quem tenha castanheiros deve estar atento e actuar o mais rapidamente possível, sobretudo, durante este mês de Maio. A reunião contou com a presença de técnicos da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, incluindo o Director Regional Adjunto, Adelino Bernardo, e a Directora de Serviços, Maria Manuel Mesquita, mas também da RefCast – Associação Portuguesa da Castanha – representada por José Gomes Laranjo. No encontro que serviu para elucidar os participantes e responder às dúvidas dos produtores, o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Amílcar Almeida, sublinhou que “dada a importância da produção de castanha no nosso concelho, é preciso retirar as galhas afectadas e queimá-las, pois não há outra forma de controlar esta praga”. O autarca afiançou a disponibilidade total do Município, quer ao nível de meios financeiros, quer ao nível de meios humanos, para que a ameaça não comprometa a produção de castanha do próximo Outono. De referir, ainda, que as juntas de freguesia também têm um importante papel a desempenhar, por isso, depois da queima, o produtor deve avisar os responsáveis da área. Recorde-se que já foi detectado um caso de infecção no concelho de Valpaços pela vespa das galhas do castanheiro, por isso todo o cuidado é pouco. O Município Valpacense apela ao contributo de todos pois é importante para a deteção e controlo desta praga.