Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

II Feira Social de Valpaços

II Feira Social de Valpaços
II Feira Social de Valpaços
22 Junho 2015

Nos passados dias 5 e 6 de junho decorreu a II Feira Social na praça Dr. Olímpio Seca, em Valpaços.   Pelo segundo ano consecutivo, a Feira Social, promovida pela Câmara Municipal de Valpaços, reuniu as associações do concelho com o objetivo de promover os seus trabalhos e aproximar as mesmas da população. Esta feira, segundo a técnica da ação social da autarquia, Filomena Ribeiro, “foi um desafio que a Câmara Municipal de Valpaços fez a todas as associações para que pudessem mostrar o seu dia-a-dia, o que fazem com os utentes e as metodologias que usam”, uma vez que em muitos dos casos, como referiu a Vereadora da Cultura, Teresa Pavão, “de portas fechadas o cidadão comum não consegue saber o que de melhor se faz”. A responsável acrescentou, ainda, que com esta iniciativa “o que se pretende essencialmente, é conseguir atrair a população para que possam ver os stands e ao mesmo tempo possam usufruir do espetáculo proporcionado pelos próprios participantes da feira”. Durante os dois dias do evento, os visitantes para além de ficarem a conhecer um pouco mais das associações, foram brindados com muita animação promovida pelos utentes da APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental – De Valpaços, alunos finalistas do pré-escolar e do 1º ciclo do Centro Escolar de Valpaços, Rancho do Projeto “Afectos”, Gaiteiros de Pedome, actuação do grupo musical da GNR “Lobos do Marão”, Rancho Folclórico da Casa do Povo de Vilarandelo, Escuteiros do Agrupamento 392 de Valpaços e, ainda, da Banda Municipal de Valpaços. Outro momento de lazer que atraiu inúmeros curiosos foram as demonstrações apresentadas pela GNR, nomeadamente pela equipa de Cinotécnica com quatro cães, e ainda dois militares a cavalo que fizeram as delícias dos mais pequenos. A Guarda Nacional Republicana brindou, ainda, os visitantes com a apresentação de equipamento diverso, tal como viaturas, motas, fardamento, entre outros. A equipa de minas e armadilhas esteve também presente com o respetivo equipamento e com explicações constantes da sua forma de actuação.