Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

I Encontro de Ex-combatentes do concelho de Valpaços

I Encontro de Ex-combatentes do concelho de Valpaços
I Encontro de Ex-combatentes do concelho de Valpaços
04 Agosto 2015

Mais de uma centena de pessoas participaram no I Encontro de Ex-combatentes do concelho de Valpaços, no passado sábado, dia 1 de Agosto. Foi na rotunda do “Memorial ao Combatente” que teve início o programa de um dia que pretendeu reunir todos os valpacenses que combateram por Portugal em África. O Presidente do Município, Amílcar Almeida, fez uma intervenção emotiva, lembrando “todos os que, pela sua intervenção e dedicação na defesa de Portugal, combateram na guerra do Ultramar, sofrendo e fazendo sofrer aos seus familiares o preço do dever cumprido, em nome da liberdade e independência de Portugal”. Recordou, também, as mulheres, muitas entre a plateia, “mães, esposas e filhas portuguesas, que com lágrimas de saudade, de incerteza e de angústia, sofreram em silêncio e à distância, o sacrifício e a dor da perda ou inclusive a demora do regresso de um filho, um marido, um pai”. Também o Coronel de Infantaria Armando dos Santos, Comandante do RI 19, fez uma pequena resenha histórica das perdas, custos e motivações que a referida guerra causou. Na presença do Presidente da Assembleia Municipal, Francisco Tavares, Presidente da Junta de Freguesia de Valpaços e Sanfins, António Castanheira, entre muitos outros, Armando dos Santos disse que “como valpacense é com o maior orgulho e emoção que me associo a esta cerimónia que como militar, é para mim muito gratificante sentir que as minhas gentes, ao realizar esta singela homenagem pretendem preservar e respeitar a sua história, honrando a memória daqueles nossos 48 militares do concelho de Valpaços, que se desprenderam da vida, tombando ao serviço da Pátria, no cumprimento do dever, honrando a sua bandeira”. Seguidamente teve lugar a cerimónia militar de Homenagem aos Combatentes do Concelho de Valpaços, com a presença de militares do RI 19, antes da visita ao cemitério para deposição de flores nas campas dos ex-combatentes já falecidos. Foi também descerrada a placa na Praceta Amadeu Falcão Santinho, como homenagem a um ilustre valpacense que faleceu em combate em Angola, a 28 de Agosto de 1965. Depois da missa evocativa, dirigida pelo Padre Leonel Reis, fez parte ainda do programa o almoço convívio, durante o qual foi apresentada a obra “Destino Ultramar”, da autoria de José Lourenço Montanha de Andrade, membro da comissão organizadora do I Encontro de Ex-combatentes do concelho de Valpaços.