Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Certificação do Folar de Valpaços já está em avaliação na Comissão Europeia

Certificação do Folar de Valpaços já está em avaliação na Comissão Europeia
Certificação do Folar de Valpaços já está em avaliação na Comissão Europeia
08 Outubro 2015

A candidatura de pedido de registo de Indicação Geográfica Protegida (IGP) para o Folar de Valpaços, publicado em Diário da Republica, esteve submetido a um período de 30 dias de consulta pública, o qual terminou sem oposição.   Trata-se de um processo que tem vindo a ser trabalhado como prioridade desde que Amílcar Almeida tomou posse e que vê assim o procedimento a finalizar, um objectivo conquistado em parceria com a Cooperativa Agrícola de Valpaços. “A autarquia já tomou todas as diligências necessárias e tudo o que estava ao nosso alcance para obter a certificação. Aguardamos agora uma resposta que só pode ser positiva e valorizará uma das nossas riquezas gastronómicas”, confirmou o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços quanto ao processo de certificação. Um dos entraves ao processo foi o número e o tipo de ingredientes que compõem o Folar de Valpaços, como a farinha, os ovos, o azeite, a linguiça, o salpicão, o presunto, entre outros. São eles que o tornam inigualável a qualquer outro, mas pelas suas especificidades também tornaram o processo de certificação mais demorado. A qualificação do Folar de Valpaços como IGP é um processo de extrema importância regional e local para a valorização e promoção desta iguaria gastronómica e para a sua proteção a eventuais usurpações. Esta qualificação permitirá ainda a valorização e promoção de outros produtos que se utilizem na sua composição. A Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte fez a última avaliação ao Processo de Certificação do Folar em Junho deste ano, sendo publicado em Diário da Republica a 10 de Agosto. Terminado o período de consulta pública, depois da presença da Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, em Carrazedo de Montenegro, após solicitação do Presidente do Município, chegou a seguinte comunicação à Câmara Municipal de Valpaços: “Venho por este meio dar nota de que o pedido de classificação do Folar de Valpaços como Indicação Geográfica Protegida foi autorizado pela Senhora Ministra da Agricultura e do Mar no passado dia 29 de setembro de 2015. Assim sendo, relativamente a este processo a intervenção do Governo terminou nesta fase, passando a palavra final a ser da Comissão Europeia”. A avaliação da Comissão pode demorar até ao máximo de 6 meses. Se cumprir todas as normas exigidas, o processo é publicado no “Jornal Oficial da União Europeia” e fica três meses em consulta pública até ser registado.