Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Valpaços assinou protocolo para a instalação da Loja do Cidadão

Valpaços assinou protocolo para a instalação da Loja do Cidadão
Valpaços assinou protocolo para a instalação da Loja do Cidadão
Valpaços assinou protocolo para a instalação da Loja do Cidadão
22 Setembro 2015
Decorreu na passada quinta-feira, 17 de Setembro, em Lisboa, a assinatura do Protocolo entre o Governo e o Município de Valpaços para a instalação de uma Loja do Cidadão na sede de Concelho.   Amílcar Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, representou o Município numa cerimónia que contou com a presença também do Vice-Presidente, António Medeiros, do Secretário de Estado para a Modernização Administrativa, Joaquim Costa, do Director Regional da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, Manuel Cardoso, e da Directora-Geral da Autoridade Tributária e Aduaneira, Helena Borges. A Loja do Cidadão em Valpaços irá funcionar nas instalações de uma antiga escola primária, no centro da cidade, onde já funcionaram serviços da autarquia, sendo que as obras de conversão do espaço iniciarão em breve, num investimento que orça em cerca de 470 mil euros, financiada em 85% por Fundos Comunitários. A assinatura deste Protocolo e o assumir a gestão de uma Loja do Cidadão são a resposta aos esforços que têm sido realizados pelo Município no sentido de garantir a continuidade dos serviços públicos no concelho, garantindo o acesso da população aos mesmos numa lógica de proximidade e conhecimento da realidade. “Este programa tem como objetivo facilitar a vida dos cidadãos, que num espaço único vão poder aceder a uma maior diversidade de serviços”, resumiu Amílcar Almeida. Com este contrato foram garantidas a instalação e gestão de uma Loja do Cidadão em Valpaços, onde estarão ainda os Serviços de Finanças e do Ministério da Agricultura. Recorde-se que nesta lógica de proximidade dos serviços já estão em funcionamento os Espaços Cidadão de Carrazedo de Montenegro e Vilarandelo. Fica ainda aberta a possibilidade de instalação de outros serviços que sejam pertinentes dentro do conceito da Loja do Cidadão e que queiram associar-se.