Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Decorrem as obras no Hospital de Valpaços

Decorrem as obras no Hospital de Valpaços
image title
image title
29 Novembro 2018

 Amílcar Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, continua atento à obra do Hospital e esta semana, em visita ao local, constatou o atraso da mesma, estando prevista a sua conclusão apenas no final de Março de 2019.

 

Prestar um serviço de saúde de proximidade à população que contemple uma Unidade de Cuidados Continuados, Medicina Física e Reabilitação, Consultas Externas, Bloco Operatório, Internamento, Radiologia e Serviço de Apoio Permanente é uma ambição desde o primeiro dia em que se tornou Presidente da Câmara Municipal de Valpaços.

“A nossa determinação foi decisiva para levar por diante os objectivos a que nos propusemos e é com enorme orgulho que participamos activamente, e em conjunto com a Santa Casa da Misericórdia de Valpaços, para que sejam criadas as condições necessárias para a reabertura do Hospital de Valpaços”, referiu Amílcar Almeida.

Para tal, recorde-se, foi assinado entre a autarquia valpacense, a Santa Casa da Misericórdia de Valpaços e a Administração Regional de Saúde do Norte o Memorando de Entendimento para a Reabertura do Hospital. A obra, cujo valor base ronda os 3 milhões de euros, é financiada em 50% pelo Município de Valpaços, o que na óptica do autarca é “um investimento que dá resposta à necessidade de prestação de serviços de saúde de proximidade aos Valpacenses e que, certamente, incrementará os índices de empregabilidade no concelho”.

A Santa Casa da Misericórdia de Valpaços, proprietária daquela unidade de saúde valpacense, através do seu Provedor, Altamiro Claro, e Amílcar Almeida têm procurado constatar o ritmo de execução das obras, cuja conclusão está prevista para o final do primeiro trimestre de 2019.

“É uma obra muito particular, com uma série de constrangimentos atendendo à especificidade dos equipamentos e legislação do sector. Cada serviço que iremos disponibilizar tem recursos técnicos próprios, que exigem mão-de-obra qualificada, nem sempre disponível, mas estamos convictos que as obras estarão concluídas no final do próximo mês de Março”, referiu Amílcar Almeida.