Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Educação Ambiental levada às escolas

Educação Ambiental levada às escolas
centro_escolar__1_
centro_escolar__3_
dscf3063
23 Junho 2022

Esta semana, duas atividades chamaram a atenção dos alunos do 1.º Ciclo para a urgência de alterar hábitos. Uma delas prendeu-se com a compostagem e outra com as alterações climáticas. As iniciativas partiram do PIICIE - Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar, da alçada da autarquia, e integradas no projeto Eco Escolas do Agrupamento de Escolas de Valpaços.

 

Na passada segunda-feira, 20 de Junho, técnicos da autarquia valpacense deslocaram-se ao Centro Escolar de Valpaços, para sensibilizar os alunos para a compostagem. Depois de implementar o projeto piloto de compostagem, através do Fundo Ambiental, de distribuir compostores domésticos e comunitários, a Divisão de Espaços Verdes da Câmara Municipal de Valpaços tem levado a efeito ações de sensibilização no sentido de promover a compostagem.

Assim, os alunos do 1.º Ciclo ficaram a saber mais sobre compostagem doméstica, processo de reciclagem de matéria orgânica (de cozinha, horta ou jardim), realizado através de microrganismos que transformam os resíduos biodegradáveis num fertilizante rico em nutrientes, a que se chama composto.

Já na terça-feira, dia 21, os mesmos alunos deslocaram-se ao Auditório Arte e Cultura Luís Teixeira, para assistir à palestra “Alterações Climáticas – um problema da minha geração”, que teve como convidado Ricardo Ramos, Investigador do Instituto Politécnico de Bragança.

Ambas as atividades resultam do empenho de entidades locais, incluindo do Município, em proporcionar aos mais novos um maior conhecimento sobre as vulnerabilidades e impactos atuais e futuros, e ainda dando sugestões de como a ação individual pode produzir grandes resultados.

“Desejamos que estas ações constituam mais um passo para a mudança de comportamentos relacionados com a salvaguarda ambiental, até porque os jovens são fortes embaixadores da mudança de hábitos que é preciso implementar”, considerou a Vereadora da Educação, Cultura e Desporto do Município, Teresa Pavão.