Serapicos

serapicos_brasaoA antiga freguesia de Sant’Ana de Serapicos, no termo de Chaves, era curato de apresentação do Cabido da Sé de Braga, sendo mais tarde reitoria. Em 1840 pertencia, ainda, ao concelho de Carrazedo de Montenegro, extinto por Decreto de 31 de Dezembro de 1853, pelo qual passou ao de Valpaços.

Em 1839 fazia parte da comarca de Chaves, sendo que em 1874 já se encontrava integrada na de Valpaços.

Embora o povoamento do seu território seja indubitavelmente anterior ao séc. XII, a constituição paroquial desta freguesia é muito posterior. Admite-se que deve ser parte de alguma das freguesias vizinhas mais antigas, sitas nos termos de Chaves ou de Montenegro. Presumivelmente foi de tão remotas possessões que resultou ser da Sé Bracarense o padroado

Esta freguesia é povoada desde tempos antiquíssimos. As informações que permitem fazer tal afirmação são dadas pela arqueologia e pela toponímia. Quanto à primeira, através de alguns vestígios pré-históricos encontrados um pouco por toda a área da freguesia. Em relação à toponímia, o lugar de Friande é elucidativo quanto à passagem dos povos germânicos pela localidade.

A apresentação paroquial de Serapicos era feita pelo cabido da Sé de Braga, que tinha muitas propriedades na região (desde o séc. XII).

Uma das curiosidades de Serapicos era a procissão “ad pretendam pluvium”, que se fazia dessa localidade para o encontro da Padroeira Sant’Ana com o Santo Cristo, no adro da Capela de Campo d´Égua, para implorar a benfazeja chuva nos anos de excepcional estiagem.

Devido à sua localização geo-morfológica (planalto noroeste da Serra da Padrela), esta freguesia não é muito fecunda, mas devido aos rigores e inclementes Invernos e também à alimentação, a carne de porco é de excelente qualidade.

Fonte:

“Monografia de Valpaços”, A. Veloso Martins, 2ª edição, Dez. 1990, edição da Câmara Municipal de Valpaços

Saiba mais em obras disponíveis na Biblioteca Municipal de Valpaços, nomeadamente:

“Fontes de Abastecimento de Água”, Vol. 2, “Geomonumentos”, “Chaminés”, “Carta Arqueológica”, todos de Adérito Medeiros Freitas;

“Valpaços-Lo-Velho”, de José Lourenço Montanha de Andrade;

“Monografia de Valpaços”, de A. Veloso Martins;

“As Freguesias do Distrito de Vila Real Nas Memórias Paroquiais de 1758”, de José Viriato Capela, Rogério Borralheiro e Henrique Matos;

Informações úteis

Área da freguesia – 11,61 Km2
Número de habitantes – 246
Aldeias anexas:
Aveleda
Corveira
S. Cipriano
Distância a Valpaços – 19 Km
Orago – Santa Ana
Festas e Romarias:
Santa Ana (26 de Julho)
Santa Margarida (10 de Junho)
N.ª Senhora dos Remédios (móvel – Agosto)
S. Cipriano (móvel – Agosto)

Património cultural e edificado

Património cultural e edificado:
Igreja matriz
Cruzeiros
Fonte de Mergulho
Capela de Santa Margarida
Capela de N.ª Senhora dos Remédios
Capela de S. Cipriano
Castro do Cabeço

Outros locais de interesse turístico

Alto do castelo, em Corveira
Construção tradicional, em Friande

Constituição e dados da Junta de Freguesia

Partido – PPD / PSD
Presidente – Sérgio Manuel Lopes dos Santos (PSD)

Morada – Serapicos, 5445-095 Serapicos
Telefone – 278 781 429
E-mail – jfserapicos@hotmail.com

©Todos os direitos reservados | Câmara Municipal de Valpaços, Praça do Município, 5430-482 Valpaços | 278 710 130 | municipio@valpacos.pt