Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

António Escudeiro lança livro sobre o escutismo em Valpaços

António Escudeiro lança livro sobre o escutismo em Valpaços
image title
image title
image title
image title
image title
21 Agosto 2018

 No passado sábado, dia 18 de agosto, teve lugar no Pavilhão Multiusos de Valpaços a apresentação pública do livro “Valpaços e o Escutismo-Trilhos de gerações” da autoria de António Escudeiro.

 

A presidir a mesa esteve o Presidente da Câmara de Valpaços, Amílcar Castro de Almeida, o ex-escuteiro e artista Sousa Maia e a convidada do escritor Patrícia Doutel. Entre a plateia é de destacar também a presença da Chefe Regional CNE de Vila Real, Alice Guedes.

A cerimónia iniciou-se com a declamação do poema “Ser Escuteiro é ser Feliz” por Patrícia Doutel, uma declamação emotiva sobre o significado do que é ser escuteiro.

O Presidente da Câmara Municipal de Valpaços lamenta não ter a oportunidade de frequentar o movimento escutista, mas de certa forma sente-se parte do Agrupamento 392 por acompanhá-lo desde o primeiro dia em que assumiu funções no Município. Amílcar Almeida afirma que vê “o movimento escutista também como uma verdadeira escola de cidadania, onde se observam valores de salvaguarda e preservação ambiental, do viver em sociedade, do apoio aos mais necessitados, aos mais excluídos e da tolerância”.

Sousa Maia, que fez a apresentação do livro, referiu que “este livro é importante para todos aqueles que queiram conhecer a história do escutismo em Valpaços”.

António Escudeiro, Chefe do Agrupamento de Escuteiros de Valpaços, lança, assim, um livro sobre a história do escutismo em Valpaços, com o apoio do Município Valpacense, e conta em primeira mão toda a história e o trajeto do Agrupamento 392.

Um livro com testemunhos e provas de toda a escadaria que o 392 subiu até hoje, onde se fala da primeira pedra tijolo para a construção da actual sede escutista, a criação da fanfarra até à rotunda em homenagem a Baden Powell, entre outros.

O autor do livro afirmou na cerimónia que “o escutismo é uma família para quem entenda o verdadeiro significado do que é ser escuteiro”.

Num auditório com a lotação esgotada, António Escudeiro terminou a agradecer ao Presidente da Câmara de Valpaços por ter possibilitado a concretização deste livro “Valpaços e o Escutismo- Trilhos de Gerações”, um marco importante na história do escutismo no concelho valpacense.

O livro “Valpaços e o escutismo- Trilhos de Gerações” pode ser adquirido na sede de escuteiros do Agrupamento 392 - Valpaços e, posteriormente, na Igreja Matriz de Valpaços. A receita das vendas irá reverter na totalidade para o agrupamento valpacense.