Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Valpaços vai dispor de mais 162 eco-ilhas para reciclagem

Valpaços vai dispor de mais 162 eco-ilhas para reciclagem
image title
image title
image title
06 Fevereiro 2019

O Município de Valpaços iniciou a distribuição de 160 novas eco-ilhas, de forma a impulsionar a separação de resíduos. Uma acção de sensibilização realizada esta quarta-feira, 6 de Fevereiro, contou com a participação do Presidente e Vice-Presidente da edilidade.

 

As alterações climáticas e o consequente aquecimento global obrigam a uma urgente adoção de medidas que promovam a sustentabilidade ambiental, com o objectivo de contribuir para a redução dos desequilíbrios ambientais e consequentes danos ao planeta.

É nesta senda que a autarquia iniciou a distribuição para colocar à disposição da população de todo o concelho 162 novas eco-ilhas, procurando impulsionar a separação de resíduos. Os novos equipamentos vêm reforçar a rede de mais de 70 ecopontos espalhados por todo o território valpacense.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Amílcar Almeida, “este reforço reveste-se de particular importância, na medida em que está inserido numa política de proximidade ao cidadão e de preservação ambiental”.

No âmbito desta iniciativa, que resulta de uma parceria entre a autarquia e a Resinorte, empresa concessionária da valorização e tratamento dos resíduos em 35 autarquias, está igualmente prevista a realização de ações de sensibilização junto da população.

Paralelamente, serão colocadas eco-ilhas junto a instituições e em locais onde exista maior produção de resíduos. Estas eco-ilhas são constituídas por três contentores, com capacidade de 1100 litros, diferenciadas por cores de acordo com o tipo de resíduos: azul para o papel/cartão, amarelo para o plástico/metal e verde para o vidro.

O objetivo, referiu António Medeiros, Vice-Presidente do Município, passa por “aumentar a recolha seletiva dos resíduos em todo o concelho e dessa forma poupar o meio-ambiente e, ao mesmo tempo, no orçamento municipal, pois os resíduos colocados correctamente nos contentores são recolhidos gratuitamente enquanto os resíduos indiferenciados têm um custo”.

A visita contou também com a presença da Coordenadora da Unidade de Produção de Boticas, Sandra Reis, e do Administrador da Resinorte, Xavier San José.

Não é difícil fazer a separação dos resíduos e todos podem contribuir. Nos ecopontos a população poderá encontrar indicações que auxiliam à correta separação. Para qualquer informação adicional deverá contactar a Divisão de Espaços Verdes do Município de Valpaços.