Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

“Cartas Seguras” premeia duas escolas do concelho de Valpaços

Aev 1 1024 2500
13 Maio 2019

Enquadrada no Projeto de Educação Financeira “No Poupar Está o Ganho”, da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, a iniciativa visa promover a sensibilização das gerações mais novas para a importância do seguro na vida quotidiana.

  

Este ano, a iniciativa que vai na 9.ª edição do projeto de Educação Financeira “No Poupar Está o Ganho”, lançou o desafio “Cartas Seguras” e distinguiu a turma do 3.ºA da Escola Básica de Valpaços, sendo o professor titular Carlos Taveira, e a turma do 3.º ano da Escola Básica de Carrazedo de Montenegro, sendo a professora titular Maria Helena Morais, entre várias escolas do norte do país.

A iniciativa teve como objetivo promover, de forma criativa, a sensibilização das gerações mais novas em relação à importância do seguro e da educação financeira, para antecipar e minorar as situações de risco na vida quotidiana.

O júri deste desafio reconheceu sete escolas, de entre mais de 30 propostas recebidas, que deram origem à produção de dois baralhos de cartas com ilustrações e mensagens provenientes dos diferentes trabalhos apresentados pelas turmas vencedoras.

“Cartas Seguras” é uma das várias iniciativas da Associação Portuguesa de Seguradores, no âmbito do seu programa de educação financeira, para incentivar os jovens para o tema dos seguros e, de forma lúdica, promover a aprendizagem sobre o valor social do Seguro bem como a sua importância no contexto de entidades singulares e coletivas.

No culminar do projecto, realizou-se na semana passada, no Porto, uma sessão para as escolas vencedoras do desafio “Cartas Seguras”, uma iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de Seguradores (APS) e da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda (FACM) dirigida às escolas do ensino básico da região Norte do país. O evento contou com a presença de José Galamba de Oliveira, Presidente da APS; Maria Amélia Cupertino de Miranda, Presidente da FACM; José Figueiredo Almaça, Presidente da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões; Isabel Alçada, co-autora dos livros infanto-juvenis de educação financeira da APS; e Irene Tomé, do CITI - Centro de Investigação para Tecnologias Interativas.