Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Apresentação da 1ª Etapa do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Alto Tâmega

Apresentação da 1ª Etapa do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Alto Tâ...
26 Fevereiro 2020

No âmbito da “Elaboração do Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas no Alto Tâmega – PIAAC-AT” decorreu, na segunda-feira, dia 24, a apresentação da 1ª Etapa do projeto aos interlocutores dos municípios que integram a CIMAT.

O Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações climáticas no Alto Tâmega provém da Candidatura ao programa POSEUR tem como objetivos dotar a CIMAT e os seus municípios de um maior conhecimento sobre este fenómeno, fornecer-lhes um documento estratégico de planeamento efetivo face às alterações climáticas, mapeando riscos e vulnerabilidades, identificando medidas de adaptação e mitigação, coordenando estruturas responsáveis pela implementação e disponibilização de informação detalhada a todos os stakeholders da Região.

O fenómeno das alterações climáticas abrange variadíssimas áreas sendo que o PIAAC incidirá sobre diversos setores/áreas temáticos como: recursos hídricos, socioeconómica, energia, indústria, transportes e comunicação, turismo e lazer, agricultura, floresta, biodiversidade, saúde, ordenamento do território e vulnerabilidades urbanas e segurança de pessoas e bens.

A metodologia usada para a elaboração do PIAAC-AT baseia-se em grande medida na metodologia ADAM – Apoio à Decisão em Adaptação Municipal e deverá seguir 4 etapas distintas e uma outra transversal às restantes.

A primeira etapa consiste na caracterização local do fenómeno “alterações climáticas” e diagnóstico identificando as vulnerabilidades atuais, segunda etapa na Identificação de vulnerabilidades climáticas futuras de acordo com os modelos de previsão e cenários elaborados, a terceira etapa na caracterização das ações a implementar para colmatar as vulnerabilidades existentes e previstas face aos modelos desenvolvidos, estabelecendo os respectivos prazos e prioridades, a quarta etapa na implementação, monitorização e revisão do PIAAC-AT e por último, a etapa transversal que corresponde à Integração do PIAAC-AT nos instrumentos de planeamento de âmbito municipal.

barra em branco