Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Mais qualidade e mais gente é igual a maior sucesso

Mais qualidade e mais gente é igual a maior sucesso
Mais qualidade e mais gente é igual a maior sucesso
Mais qualidade e mais gente é igual a maior sucesso
Mais qualidade e mais gente é igual a maior sucesso
Mais qualidade e mais gente é igual a maior sucesso
12 Abril 2017
A Feira do Folar de Valpaços não para de crescer e a cidade recebeu uma autêntica romaria no passado fim-de-semana. No Domingo de Ramos as milhares de pessoas que visitaram a Capital do Folar chegaram mesmo a esgotar a tão afamada iguaria gastronómica valpacense.   “Um evento com mais qualidade e mais gente é igual a uma maior satisfação entre visitantes e produtores. É utilizando esta soma de factores que ano após ano a Feira do Folar de Valpaços cresce tornando-se um sucesso cada vez maior”, resumiu o Presidente da Câmara Municipal de Valpaços, Amílcar Almeida, sobre a edição 2017 do maior evento gastronómico da região. “O balanço é mais que positivo e está à vista de qualquer um. Havia gente por todos os sectores criados na feira, nos expositores de produtos, nas tasquinhas, no programa da TVI, já para não falar da restauração da cidade e comércio”, afirmou o edil, visivelmente satisfeito. “As expectativas foram largamente superadas, já que a Feira do Folar de Valpaços recebeu, este ano, mais visitantes que se mostraram muito satisfeitos com o certame”, referiu.   Três dias de intensa actividade dinamizaram a cidade Durante a semana que antecedeu a grande festa do Folar de Valpaços, os mais de 100 expositores prepararam com afinco os ingredientes para o sucesso da feira. Sexta-feira à tarde estava estendida a passadeira vermelha para os milhares de visitantes que procuraram as iguarias gastronómicas valpacenses. O Ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, inaugurou o certame na presença de vários responsáveis de entidades nacionais, regionais e locais. Para aquele membro do Governo, é preciso aproveitar as oportunidades, “olhar para aquilo que são os produtos tradicionais, o agro-alimentar para que a partir daí se possa ir para novos desafios, nas áreas de inovação e novas tecnologias, reforçando a capacidade de criar emprego, de criar capacidade exportadora e, assim, a partir da tradição, olhar para o futuro”. Durante a cerimónia oficial de abertura, Amílcar Almeida não perdeu a oportunidade de expressar o seu descontentamento por políticas levadas a cabo pelos Governos pós 25 de Abril, vincando as maiores desigualdades entre o litoral e o Interior do país. Fez parte da cerimónia de abertura a ronda pelos expositores, que deram a provar orgulhosamente o bolo podre, o fumeiro, os frutos secos, o vinho, o azeite, e os mais diversos produtos genuínos valpacenses, não faltando, claro está, o rei da festa, o Folar de Valpaços – IGP. Foi, ainda, na sexta-feira, dia 7, que tiveram início as actividades desportivas que decorrem inseridas no programa. O XIV Raid TT atraiu mais de 350 pessoas, incluindo condutores de motas, jeeps e acompanhantes. Depois da refeição servida ao som de Fado, com os Madrepérola e Marília, pela noite dentro o Grupo Função Públika animou o público que teve ainda oportunidade de subir no balão de ar quente e ter uma vista privilegiada sobre a feira e sobre a cidade. Saldado que estava como positivo o primeiro dia da XIX Feira do Folar de Valpaços, com o sol de Sábado chegaram também os milhares de visitantes que às primeiras horas de abertura do certame encheram centenas de sacos do evento, levando o nome da Capital do Folar para vários pontos do país e também da Europa. Entre entrevistas, reportagens e encontros entre amigos, concertinas, a tarde foi, ainda, preenchida com apresentações de livros - Lagares Cavados na Rocha (3.ª Edição) e Muda do Santo em Campo D’Égua, da autoria de Adérito de Medeiros Freitas, e a actuação de grupos de animação do concelho, incluindo ranchos folclóricos, gaiteiros, grupos desportivos e associações, entre outros. Teve, ainda, lugar a Caminhada na Senda do Folar, que contou também com cerca de 150 participantes, que tiveram oportunidade de visitar alguns locais emblemáticos do concelho. Amigos Vitó e José Malhoa abrilhantaram a noite de sábado, animando milhares de pessoas que não quiseram perder os espectáculos preparados pela organização do certame.   Programa Somos Portugal foi uma mais-valia O derradeiro dia do certame que dinamiza toda a economia do concelho, ano após ano, numa organização entre o Município de Valpaços e a EHATB – Empreendimentos Hidroeléctricos do Alto Tâmega e Barroso, EIM, SA, foi uma vez mais aquele que mais pessoas atraiu. O bom tempo associado à excelente qualidade dos produtos expostos, a divulgação do certame em vários meios audiovisuais, a hospitalidade do povo valpacense, entre outros factores fizeram com que milhares de pessoas estivessem na XIX Feira do Folar de Valpaços. O Programa Somos Portugal transmitido pela TVI foi também uma aposta ganha, tendo o certame entrado pela casa de milhões de pessoas em Portugal e em todo o mundo. Amílcar Almeida falou com apresentadora Mónica Jardim em palco e, mais uma vez, revelou várias razões para o sucesso do certame, bem como vários motivos para se visitar o concelho. Durante a tarde foram ainda apresentados os livros As Presidências Portuguesas da União Europeia, da autoria de Reinaldo Saraiva Hermenegildo, e Freguesia de Santa Valha, História e Património, da autoria de Aline Ferreira. A procura foi tanta que o Folar de Valpaços acabou mesmo por esgotar na tarde de domingo, dia 9, coroando com sucesso inigualável a XIX Feira do Folar de Valpaços. A edição 2017 do certame ficou marcada, ainda, com a colocação da escultura da autoria de Paulo Brites, representativa da padeira valpacense e do Folar de Valpaços no forno.