Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo
  • Youtube
  • Issuu
  • RSS feed

Banco local de voluntariado de Valpaços

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE VALPAÇOS

Voluntariado

É o conjunto de ações de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projetos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, desenvolvidos sem fins lucrativos por entidades públicas ou privadas.

Não são abrangidas pela presente Lei as atuações que, embora desinteressadas, tenham um carácter isolado e esporádico ou sejam determinadas por razões familiares, de amizade e de boa vizinhança.
(art.º 2.º da Lei n.º 71/98, de 3 de Novembro)
BANCOS LOCAIS DE VOLUNTARIADO

Um Banco Local de Voluntariado (BLV) é uma estrutura que gere e articula, por um lado, a vontade de exercer voluntariado (Voluntários), e por outro, a disponibilidade para integrar voluntários (Entidades promotoras).

A Câmara Municipal de Valpaços, entidade instaladora do Banco Local de Voluntariado, tem a obrigação de criar os meios próprios, para divulgar e promover o voluntariado no concelho.
Objetivos Gerais:

  • Divulgar o voluntariado no concelho de Valpaços;
  • Aumentar a participação no voluntariado em geral, nomeadamente, nas instituições e nos grupos;
  • Contribuir para a consciência coletiva dos problemas e para o compromisso na respetiva prevenção e solução com recurso ao voluntariado;
  • Divulgar projetos e oportunidades de voluntariado.

Objetivos Específicos

  • Sensibilizar cidadãos e entidades/instituições para o voluntariado;
  • Proceder ao encaminhamento de pessoas interessadas em fazer voluntariado para entidades/instituições promotoras de voluntariado;
  • Acompanhar a inserção dos voluntários nas entidades/instituições para onde foram encaminhados;
  • Disponibilizar à comunidade informações sobre voluntariado;
  • A quem se dirige o Banco Local de Voluntariado?
  • Os voluntários, pessoas, que de forma livre, desinteressada e consciente se responsabilizem, de acordo com as suas competências próprias, a realizar ações de voluntariado no âmbito de uma instituição/entidade organizadora;
  • A Instituições / Entidades organizadoras, pessoas coletivas de natureza pública ou privada, que reúnam condições para incluir voluntários e coordenar o exercício da sua atividade em domínios cívicos; de ação social; da saúde; da educação; da ciência e da cultura; da defesa do património e ambiente; entre outras. Compete a estas instituições/entidades, através do Banco Local de Voluntariado, divulgar os seus programas/projetos.

Como funciona o Banco?


Com os Voluntários:

  • Recebe inscrições dos candidatos a voluntários, através do preenchimento da respetiva ficha, disponibilizada pelo Banco;
  • Cabe ao Banco, criar uma base de dados, e proceder ao registo das inscrições dos candidatos a voluntários.

Com as Organizações:

  • Receciona e regista as candidaturas das entidades/instituições, disponíveis a receber voluntários;
  • Analisa a natureza e caraterísticas dos projetos das entidades/instituições candidatas, e procede à sua divulgação.

Assim compete ao Banco Local de Voluntariado, através da sua Base de Dados:

  • Disponibilizar listagens de voluntários e de entidades/instituições, por áreas de atuação, e outros dados pertinentes para facilitar o encontro entre a oferta e a procura de oportunidades de voluntariado.
  • Proceder ao encaminhamento dos voluntários para as várias entidades/instituições, de acordo com a disponibilidade de ambos e necessidade da entidade/instituição de acolhimento.

Quem deve contactar?

Os voluntários e instituições interessadas deverão contactar a Câmara Municipal de Valpaços, ou fazer a sua inscrição on-line, através do site do Município em aqui

 

Neste âmbito o Município de Valpaços tem o Projeto “Afectos” já implementado desde 2007, para consultar clique aqui